sexta-feira, 13 de maio de 2011

quero mais

quero mais que uma vida desregrada,
quero mais que valores distorcidos.
quero mais que sair bem na foto,
que beber até cair,
que beijar e nem saber o nome.
quero mais que amizades por conveniência,
que pais e mães por obrigação.
quero mais que a ganância que o dinheiro trás,
que a soberba que o status tem.
quero mais que sexo, drogas, e rock n'roll,
e a ressaca que vem depois.
quero mais que a ignorância, o descaso, a omissão.
quero mais que postar no facebook o quanto sou feliz.

quero mais que tudo isso, e tudo o que quero não consigo definir.
quero mais do que o convencional
quero ser do avesso, do lado errado, sem noção.
quero mesmo é amor, amor, amor

quero mais que psy-trance.

4 comentários:

Layz Costa disse...

doreii linda!

Layz Costa disse...

quero maiss..
hummmm

Anônimo disse...

Olá moça,
Hoje não entendi teus anseios, apesar de ter usado uma linguagem clara e objetiva. Posso dizer que ficou interessante, pois você é interessante.
Porem se eu levar em consideração ao que li no teu blog parece um pouco contraditório, mas todos têm essas fases, eu quando escrevo poderá sair poemas ou crônicas sarcásticas, meu humor é negro às vezes.
Bom, escrevi mais assim aprendo bastante sobre você, aprender não tira pedaço, prometo!
Heheh

:]= well

Marcela disse...

Heyy heyy eu falei q qndo eu tivesse um tempo eu iria vir aqui... Então vc é uma poetisa? dessa eu n sabia. Tudo muito real e q da pra refletir...gostei muito! *-* Parabéns

Mar